Educação Fiscal

  • Publicado em: 15/12/2016 às 11:53   |   Imprimir

 

São Miguel das Missões realiza Oficina de Educação Fiscal

     A Secretaria Municipal da Fazenda e a Secretaria Municipal de Educação de São Miguel das Missões, promoveram no dia 18 de julho de 2016 uma oficina sobre Educação Fiscal, realizada através de uma parceira com a Secretaria Estadual da Fazenda (SEFAZ). O evento ocorreu no sede social da Associação dos Funcionários Municipais e contou com a presença de autoridades, professores e servidores públicos do município.

     A palestra ministrada pelo Auditor Fiscal da Receita Estadual de Santo Ângelo, Cleto Vanderlei Macht Brutes, foi muito produtiva, tendo em vista que os participantes puderam aproveitar ao máximo todos os assuntos abordados. Um dos temas que ganhou grande destaque foi a importância da função socioeconômica dos tributos, já que é através deles que se mantém a estrutura administrativa da prefeitura, investimentos em obras, infra-estrutura e pavimentações do município. Além desses, os serviços prestados na área da saúde, educação, assistência social, dentre outros, também são custeados pelos tributos.

A palestra faz parte de um conjunto de ações previstas para a retomada do Programa Municipal de Educação Fiscal, que objetiva formar uma nova cultura,dando ciência a comunidade sobre tudo o que envolve a tributação, as finalidades, e para onde vai o dinheiro pago nos impostos. Além disso, visa melhorar a pontuação no PIT – Programa de Integração Tributária e com isso proporcionar a vinda de mais recursos para o município.

     Durante a palestra foram abordados outros assuntos como a sonegação fiscal, pirataria, transparência na gestão pública, origem e aplicação dos recursos públicos, além de esclarecimentos sobre o funcionamento da Nota Fiscal Gaúcha.

     A partir desta oficina, os professores irão intensificar o trabalho com essa temática nas escolas, visto que estão previstos no Plano de Ação do GEFIM (Grupo Municipal de Educação Fiscal), Secretaria da Fazenda e Secretaria de Educação, uma série de ações para serem executadas a médio e longo prazo com as escolas e com a comunidade em geral.

______________________________________________

 

GEFIM apresenta Projeto de Educação Fiscal para os diretores das escolas

 

     O GEFIM – Grupo Municipal de Educação Fiscal de São Miguel das Missões – composto através de portaria, com a parceria da Secretaria Municipal de Educação e Secretaria Municipal da Fazenda, apresentaram projeto no dia 03 de agosto, durante reunião dos diretores.

     O projeto intitulado “Educação Fiscal na escola: Aprendendo a ser cidadão” prevê a execução de diversas atividades com o objetivo de orientar as escolas e a comunidade para a importância da Educação Fiscal em nossas vidas, garantindo o pleno exercício da cidadania e despertando a consciência fiscal dos indivíduos. O projeto contempla atividades até o final do ano 2017, dentre elas concursos de escolha do mascote, slogan, redação, poesia, paródia, além da realização de uma Mostra Municipal de Educação Fiscal que pretende divulgar para a comunidade todas as ações desenvolvidas nas escolas e também no município.

     Nos próximos dias estaremos lançando o Concurso de Escolha da Mascote e Slogan do Programa Municipal de Educação Fiscal, que pretende escolher um mascote e um slogan que farão parte de todos os materiais de divulgação do programa.

______________________________________________

Programa Municipal de Educação Fiscal: São Miguel lança concurso para escolher a mascote e o slogan

 

     A Administração Municipal de São Miguel das Missões, através da Secretaria Municipal da Fazenda, Secretaria Municipal de Educação e GEFIM – Grupo de Educação Fiscal Municipal, lançou no final do mês de setembro o Concurso de Escolha da Mascote e Slogan do Programa Municipal de Educação Fiscal.

     O programa tem por finalidade orientar a comunidade sobre a importância do cumprimento de suas obrigações tributárias, bem como incentivar o acompanhamento da aplicação e a gestão dos recursos públicos, desenvolvendo o exercício da cidadania. O regulamento que promove a participação das escolas da rede municipal e estadual de ensino já foi entregue às escolas.

    Irão participar deste concurso alunos do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental, nas categorias Mascote e Slogan. Serão premiados os vencedores em primeiro lugar de cada categoria, bem como as respectivas escolas, com os seguintes prêmios: Alunos: a) Criação da Mascote – uma caixa de som portátil; b) Slogan – uma caixa de som portátil. Escolas: um jogo pedagógico sobre Educação Fiscal.

    Para o êxito deste programa junto às escolas e também à comunidade miguelina, várias ações vêm sendo desenvolvidas, dentre elas a participação em eventos de Educação Fiscal na região das Missões e a realização da Oficina de Educação Fiscal, que ocorreu no mês de julho, com a participação de professores e representantes das escolas. Nos próximos dias, o GEFIM estará realizando nas escolas participantes do concurso uma Palestra sobre a “Educação Fiscal no Cotidiano”, com o objetivo de proporcionar aos alunos um momento de reflexão sobre a temática, esclarecendo dúvidas e complementando o trabalho que já vem sendo realizado nas escolas.

    A divulgação dos resultados e a entrega da premiação aos vencedores ocorrerá no ano de 2017, em data, local e horário a serem divulgados.

 

______________________________________________

 

      

 

GEFIM realiza círculo de palestras sobre Educação Fiscal e Nota Fiscal Gaúcha nas escolas

 

    Durante o mês de novembro de 2016, o GEFIM – Grupo de Educação Fiscal Municipal, composto pela Fiscal Sabrina Monteiro Sommavilla e a professora Anália Covari, juntamente com a Secretaria Municipal da Fazenda e Secretaria Municipal de Educação, estiveram realizando nas escolas do município um círculo de palestras sobre a “Educação Fiscal no Cotidiano”, com o objetivo de proporcionar aos alunos um momento de reflexão sobre a consciência fiscal e exercício da cidadania, além de esclarecer dúvidas, vindo a complementar o trabalho que já vem sendo realizado nas escolas.

 

     Esta ação faz parte de uma série de atividades que vem sendo realizadas durante este ano e que ainda seguirão de forma permanente sobre a temática, proporcionando a comunidade uma consciência permanente e crítica sobre o papel de cada cidadão na sociedade onde vive.